Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

GEOTERAPIA TRATAMENTO NATURAL COM ARGILA

GEOTERAPIA TRATAMENTO NATURAL COM ARGILA
Avalie sua postagem

 

A Argila é considerada  um dos mais antigos tratamentos de doenças utilizados pelos povos.

Os egípcios utilizavam para combater inflamações e úlceras, e, purificação dos corpos para a mumificação porque conheciam seus princípios purificadores.

 Hipócrates, médico grego considerado o “pai da medicina”, conhecia seus benefícios  e poderes terapêuticos, ensinava seus discípulos como usar a Argila

Na Índia sempre foi muito empregada no tratamento de uma série de doenças

Durante a Primeira Guerra Mundial médicos alemães e austríacos ,sem nenhum recurso para controlar os danos causados pela disenteria, prescreveram aos soldados atingidos a ingestão da argila pelo seu valor terapêutico.

Recentemente, naturistas, contribuíram imensamente para o renascimento do emprego da argila no contexto dos tratamentos naturais.

Hoje as clínicas naturalistas utilizam a Argiloterapia.

A argila ocupa um lugar de destaque no mercado de cosméticos por ser um produto bastante requisitado em tratamentos de beleza e na recuperação de pacientes que se submeteram á cirurgias plásticas, pois acelera o processo de “cicatrização”.

 

 

Todos os antigos povos do oriente e do ocidente usavam a Geoterapia para amenizar e cuidar de desequilíbrios físicos e emocionais.

O mineral já era usado entre os povos egípcios para combater inflamações e úlceras, e, purificação dos corpos para a mumificação porque conheciam seus princípios purificadores.

Hipócrates, médico grego considerado o “pai da medicina”, frequentemente utilizava a argila em seus tratamentos, ensinando seus discípulos como usá-la.

A argila é utilizada há séculos como um recurso poderoso no tratamento de doenças e rejuvenescimento da pele.

Na Índia sempre foi muito empregada no tratamento de uma série de doenças. Muitas pessoas foram curadas com a utilização da Argila durante a Idade Média e na Segunda Guerra Mundial.

A argila é utilizada como uma forma de absorver as toxinas do organismo, com seu efeito bactericida, anti-inflamatório e cicatrizante. É um importante aliado no tratamento de várias doenças.

Recentemente, naturistas, contribuíram imensamente para o renascimento do emprego da argila no contexto dos tratamentos naturais.

Hoje raramente encontramos uma clínica naturalista que não utilize a geoterapia.  A argila passou a ocupar um lugar de destaque no mercado de cosméticos por ser um produto bastante requisitado em tratamentos de beleza e na recuperação de pacientes que se submeteram as cirurgias plásticas, pois atua acelerando o processo de “cicatrização”.

Existe na argila dezenas de diferentes minerais numa composição bastante semelhante corpo humano ,são denominados de Oligoelementos minerais  e a chave para se entender as propriedades da argila.

O silício, o principal constituinte de todas as argilas, é importante para manter uma pele jovem, saudável, dando estabilidade ,e, aparência a pele, cabelos, unhas e outros tecidos do corpo.

O silício presente nas argilas encontra-se na forma de microcristais de quartzo em contato com a corrente elétrica da superfície da pele, e, através da propriedade conhecida como Piezoeletricidade, geram sutis campos eletromagnéticos que estimulam os cristais líquidos presentes nas fibras de colágeno  melhorando a atividade funcional das células. Favorecendo o seu metabolismo, e cura, aumentando a vitalidade da pele e firmeza com aumento da síntese do colágeno. Também ativa os canais de força do corpo como os meridianos de acupuntura e os chakras.

A argila é um produto do tempo, resultante do envelhecimento natural dos cristais das rochas.

Além de sua composição química e geológica, produz energia para manter suas qualidades terapêuticas.

A Argila  foi durante muito tempo esquecida, sendo que as antigas civilizações confiavam e a utilizaram  intensamente.

Existem argilas com qualidades especiais, onde os minerais se encontram de maneira adequada.

Ao contrário do que se pensa a argila tem propriedades descongestionantes e absorve as toxinas, retirando-as do nosso corpo.

A argila apresenta coloração e a viscosidade ideal para cada tipo de tratamento.

 

DUAS FORMAS DE USAR A ARGILA

Externamente:

Quando misturada com água até tomar uma consistência pastosa, as partículas da argila tornam-se maleáveis e sua absorção é muito eficaz. Deve ser aplicada localmente nas áreas afetadas até cobri-las totalmente, como no rosto, braços, ventre ou pernas. Podendo utilizar um pincel pode facilitar sua aplicação. Alguns terapeutas fazem uso de óleos essenciais na argila

Pode-se incluir algum carreador (gel ou creme sem óleo mineral) na mesma proporção de argila/carreador (gel ou creme).

Em uso estético, a aplicação pode ter duração de 20 a 40 minutos.

Tratamentos de saúde, é recomendado um tempo maior de 1 a 3 horas, ou até que a argila seque. Depois enxágue a região e jogue o barro usado fora, não o utilize novamente. O tratamento pode ser feito por várias semanas ou meses conforme o problema e, diário para um resultado mais rápido. Não existem contra-indicações.

 

 

Internamente:

O objetivo é tratar de problemas digestivos, intestinais ou repor Oligoelementos. Argila vermelha ajuda a repor ferro tratando de anemia, e a dolomita a repor cálcio e magnésio tratando de osteoporose.

 

PROPRIEDADES

A argila um material natural, composto por partículas extremamente pequenas de silicato minimizado (ou silicato de alumínio), além de diversos oligoelementos, destacando entre os minerais encontrados, o silício – segundo elemento mais abundante na natureza. As diferentes fontes de extração produzem silicatos minimizados de diferentes tipos e concentrações. Como, por exemplo, o Titânio, Magnésio, Cobre, Zinco, Alumínio, Cálcio, Potássio, Níquel, Manganês, Lítio, Sódio, e Ferro. Porém, as diversas constituições das argilas não modificam suas principais atuações, promovendo a ação absorvente, cicatrizante e anti-séptica.

Os minerais encontrados nas argilas funcionam como potenciadores de determinados efeitos, conforme a sua concentração, em doses ínfimas, são chamados de oligoelementos.

Benefícios:  Ativadores do metabolismo; absorventes; antioxidantes; calmantes; cicatrizantes; descongestionantes; purificadoras; refrescantes; revitalizantes; bactericidas; parasiticidas.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE ARGILA?

 

 

Argila verde: Fonte de maior diversidade dos oligoelementos. Indicada para peles normais e Oleosas .  Antioxidante, tonificante, adstringente e estimulante.

Argila branca: Com maior quantidade de Silicato de Alumínio . Possui pH muito próximo da pele. Revitalizante natural com sua ação clareadora, suavizante e cicatrizante.

Argila branca da Amazônia: Rica em nutrientes e sais minerais. Alto poder de hidratação, antioxidantes , ativam a regeneração celular.

Combate os radicais livre .Fortalece o tônus da pele, reduz as rugas e gorduras localizadas

Argila Amarela: Rica em Dióxido de Silício e Silício que é o elemento catalisador para formação da base de colágeno da pele, indicado para o rejuvenescimento  a circulação sanguínea, flacidez cutânea.

Argila vermelha: Argila secundaria porosa, rica em óxido de ferro  e cobre, redutora de pesos e medidas. Indicada para uso corporal.

Argila preta ou Lama vulcânica: Considerada como a mais nobre de todas, possui grande

Quantidade de matéria orgânica, enxofre e titânio. Indica um material com excelente agente

Rejuvenescedor . Melhora a circulação sanguínea periférica favorecendo a renovação celular.

Argila Dourada (amarela)

Estimula a circulação, devido ao seu teor de ferro e potássio. Contribui na queima de gordura localizada, visando a redução de medidas. Absorvente de odores e fluidos corporais. Laxativa, recomenda-se usar em pessoas que fazem ou começam a fazer dieta e em compressas na barriga em quem sofre de prisão de ventre.

Argila Bege (amarela clara)

Associação natural das qualidades da argila caulim com a argila dourada. Clareia a pele, estimula a circulação e devolve seu brilho natural.

Argila Rosa

Une o efeito tonificante da argila vermelha, com o toque delicado da argila branca, sendo muito boa para peles secas e sem vida. Auxilia no tratamento de rosácea (microvasinhos que deixam a pele avermelhada). Seu teor de manganês além de contribuir na síntese de colágeno, também lhe confere propriedades antialérgicas.

Argila Roxa

Argila rica em ferro e cobalto. O cobalto lhe confere potencial vasodilatador, tendo potencial especial para uso em problemas circulatórios como varizes, má circulação e inchaços (edemas). Além disso é revitalizante do corpo e equilibrador de cãibras, espasmos e tremores.

Argila Cinza

Como a argila preta, também contém titânio e enxofre, sendo também antiiflamatória. Possui grande variedade de minerais para reposição de oligoelementos, melhorando o funcionamento natural das células e agilizando o processo curativo.

Argila Marrom

Rica em ferro, aumenta a oxigenação celular e promove aumento da elasticidade da pele, atuando em flacidez cutânea. Indicada também para casos de reumatismo, artrite, bursite, e outras inflamações.

Dolomita

Carbonato de magnésio e cálcio, indicado no tratamento de osteoporose, descalcificação óssea, artrites, reumatismos, artrose e problemas inflamatórios e de pele em geral. Alcalinizante. Ajuda a manter a hidratação natural da pele.

Cristal de Quartzo

Excelente para massagem esfoliante, como energizante e estimulante da circulação de energia pelos meridianos de acupuntura e chakras devido à piezoeletricidade dos microcristais de quartzo. Fonte de silício, estimula a formação de colágeno.

Irma Laura Cunha Tavares Leite

Terapeuta Holistica–CRT nº602253

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.