Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

QUAL É A CHANCE DO IDOSO SOFRER UMA QUEDA?

QUAL É A CHANCE DO IDOSO SOFRER UMA QUEDA?
5 (100%) 5 votos

Você sabia que pode estar sujeito a uma queda a qualquer momento????                   

O grande problema das quedas são as sequelas que podem deixar.

Afinal, as quedas são uma das PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE entre as pessoas acima de 60 anos.

Elas também são responsáveis por outros grandes problemas como…

  • O declínio da saúde
  • A dependência funcional e, consequentemente,
  • A perda da qualidade de vida.

Você sabe qual é o maior medo de um idoso ao cair (e talvez seja o seu também)? DEPENDER DE ALGUÉM!

Uma pesquisa recente revelou que 80% das pessoas idosas preferiam morrer a enfrentar a perda de independência e da qualidade de vida.

O fato é que as quedas podem ser evitadas, claro. Mas você precisa conhecer as causas.

Por que envelhecer contribui para o problema

Envelhecer. A grande maioria da população vai passar por isso. E o processo de envelhecimento traz consigo alguns inconvenientes como: 

  • Perda da força muscular
  • Doenças que afetam a visão
  • Alterações neurológicas e sensoriais
  • Doenças cardiovasculares e cognitivas (Alzheimer e Parkinson)
  • Problemas relacionados ao uso de medicações

Se você precisa de alguém para ajudar em alguma atividade, saiba que o risco de quedas aumenta em 38%

E o pior é que quando se cai a primeira vez, você fica com medo de cair novamente, concorda? E esse medo aumenta ainda mais o risco de queda.

É um ciclo vicioso e perigoso!

 

 

Veja agora os principais fatores de risco para a queda. Confira! 

 

  • Histórico de quedas nos últimos 6 meses
  • Dificuldade para se levantar da cadeira sozinho
  • Dificuldade para girar 360º
  • Caminhada lenta (mais de 1seg parar percorrer 1 metro)
  • Uso de acessórios para caminhar (bengala, andador, etc)
  • Dificuldade de realizar atividades da vida diária, como as tarefas domésticas e de higiene pessoal
  • Artrite
  • Problemas de visão
  • Doenças neurológicas
  • Uso de medicações antidepressivas, anti-hipertensivas e diuréticas
  • Ambiente domiciliar com presença de tapetes, muitos móveis e obstáculos, iluminação fraca, camas e vasos sanitários baixos

 

 Se você identificou 3 situações, você tem 60% de chances de sofrer uma queda.

Agora, se você apresenta 4 ou mais situações, suas chances de cair podem chegar a 78%.

Veja o gráfico abaixo:

 

A dica agora é: se você tem a maioria dessas características ou vivencia algumas dessas situações, fique bem esperto a partir de hoje e veja o que você precisa fazer para evitar as quedas.

 

O que fazer para evitar as quedas?

 

Se você se decidiu por viver mais e com qualidade para curtir a família, os filhos, os netos, os amigos e a você mesmo, você precisar fazer

exercícios físicos de fortalecimento muscular e de equilíbrio.

 Quando você realiza exercícios específicos de equilíbrio você consegue estimular os mecanismos de controle do equilíbrio, melhorando as

famigeradas tonturas e diminuindo o risco das tão temidas quedas.

 

Espero que, a partir de agora, você comece a fazer exercício para reduzir suas chances de queda para viver com Longevidade com Qualidade!

 

Elaborado por:

Denize Terra CREF-G/GO 10506

Personal Trainer- 15 anos de experiência

Mestrado em Exercício, Saúde e Envelhecimento&Longevidade

Especialista em Qualidade de vida para o público 60+

Fundadora do Programa Longevidade com Qualidade

Facebook:  https://www.facebook.com/denize.terra.1

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.